Você tem flacidez abdominal?

flacidez-abdominal

Quais as causas mais prováveis e tratamentos?

A flacidez no abdome se desenvolve por vários fatores, dentre os mais importantes agentes extrínsecos temos: pós-gestação devido distensão da pele, obesidade e emagrecimento abrupto associado ao efeito “sanfona”, pós- lipoaspiração, alimentação rica em carboidratos refinados. Dentre os fatores intrínsecos, contamos com o próprio envelhecimento natural da pele, devido a baixa na produção de colágeno que acontece principalmente com o climatério e a susceptibilidade genética com doenças que interfiram na formação do colágeno como a síndrome de Ehlers- Danlos.

A flacidez pode ser da pele e também muscular

É comum nas mulheres gestantes a associação da flacidez (cutânea e muscular) no pós parto com estrias, o que deixa a mulher com sua autoestima comprometida. Diante desse descontentamento com seu abdome, não fique desesperada, existem opções minimamente invasivas com excelentes resultados para deixar a pele firme e o abdome como você aspira.

Podemos apostar em tecnologias  como ultrassom microfocado (o Ultraformer III) associado aos bioestimuladores (Sculptra ou Radiesse) que são o padrão ouro na melhora da flacidez cutânea abdominal. Eles têm capacidade de formar colágeno melhorando a espessura da pele; em média, realizamos três sessões com intervalo mensal. Existe opções secundárias que otimizam o tratamento da flacidez como a radiofrequência (com os aparelhos chamados Vênus Legacy e Endymed) que promovem, por meio de aquecimento controlado, uma neocolagênese. Em casos de umbigo triste, ainda podemos lançar mão dos fios de sustentação como fios de PDO (polidioxanona) que fazem elevação da pele e ainda estimulam colágeno.

Para flacidez muscular temos a tecnologia de campo eletromagnético (CMSlim, EMSculpt, TSculptor) que gera um intenso campo eletromagnético, que provoca contrações musculares involuntárias, desencadeando a liberação de ácidos graxos livres, que quebram os depósitos de gordura e aumentam o tônus e a força muscular. Este processo é semelhante aos exercícios físicos, mas com um resultado superior, em menos tempo e sem esforço. Em uma sessão de 30 minutos com a tecnologia de campo eletromagnético equivale a mais de 20.000 abdominais.

Conclusão

O intuito de todos os tratamentos é deixar a pele e a musculatura do abdome mais firme por meio de uma produção intensa de colágeno e elastina como seria se tivéssemos menos de 30 anos de idade.

É indispensável manter hábitos de vida saudáveis com boa alimentação, prática regular de atividade física para obter bons resultados.

O seu dermatologista irá te ajudar a fazer o diagnóstico e definir um plano de tratamento individualizado, viabilizando resultados satisfatórios e o abdômen desejado.

 

Por: Dra. Lilian Mendes Ferreira Urbano
Dermatologia
CRM/DF: 15119 | RQE: 10223
  • dermyah-dermocosmeticos
Rolar para cima