Toxina Botulínica: o que é e seus cuidados preventivos

toxina-botulinica-cuidados-preventivos

A toxina botulínica é uma proteína produzida pela bactéria clostridium botulinum, que age bloqueando a produção ou a liberação de acetilcolina nas sinapses, impedindo a contração das células, e com isso levando ao relaxamento do músculo e promovendo a firmeza na região aplicada.

Para que serve a toxina botulínica?

A toxina botulínica é usada na dermatologia para tratar e prevenir rugas dinâmicas, ou seja, rugas que você produz ao movimentar o rosto, principalmente as rugas frontais (da testa), rugas da área dos olhos (pés de galinhas), rugas do nariz (banny lines), melhora do contorno da mandíbula, pescoço e colo.

Com ela é possível também tratar doenças como a hiperidrose (suor excessivo) nas axilas, pés e mãos, além de rosácea e poros abertos.

E ainda, alguns tipos de assimetrias na neurologia, blefaroespasmo mais conhecido como procedimento de blefaroplastia e tratamentos de enxaqueca.

Quais os principais benefícios da toxina botulínica?

A toxina botulínica, mais conhecida como Botox, traz grandes benefícios já que consegue aumentar a autoestima do paciente. É um procedimento rápido e seguro, sendo capaz de prevenir rugas, fazendo um levantamento da cauda da sobrancelha, passando a dar um ar mais descansado e rejuvenescido.

No contorno da face, pode-se trabalhar o músculo masseter com o objetivo de melhorar o volume da face deixando o contorno mais definido. Sendo assim, com um efeito muito benéfico no suor excessivo das axilas, evitando que se molhe a roupa. Pode também dar uma empinadinha no nariz, e até mesmo diminuir a exposição gengival com o intuito de melhorar o sorriso.

Qual a duração da toxina botulínica?

O Botox tem uma duração média de 4 a 6 meses, podendo variar dependo do estilo de vida. Ou seja, se faz muita atividade física, stress oxidativo, idade, tipo de pele (se é mais flácida ou mais firme) e se força mais a região da aplicação devido ao paciente ser muito expressivo.

Quando é realizada uma aplicação de toxina botulínica, devemos analisar bem a região a ser aplicada. Pois existem áreas em que temos que aplicar uma menor quantidade para não obter um efeito indesejado, e nestas áreas de menor quantidade também terá uma duração menor.

Porém é melhor que dure menos e evite efeitos indesejados. Por exemplo, acima das sobrancelhas, se for aplicado uma quantidade excessiva podemos gerar uma queda da sobrancelha. Então, nestes casos é melhor colocarmos microgotas para evitar uma ptose.

Sabemos que a cada dia estamos envelhecendo, mas sabemos também que é possível nos cuidar. Pois diante de tantos recursos que contribuem para a nossa longevidade, sabemos que podemos ir mais longe. Preservando a nossa autoestima e cuidando de nossa beleza, que pode ser nossa arma mais forte.

Mas lembre-se, ao cuidar da nossa beleza, devemos tomar como prioridade tudo o que acompanha a nossa tão sonhada saúde.

Prevenir com boa alimentação e prática de atividade física para estar sempre alinhado aos cuidados dermatológicos de beleza.

 

Por: Dra. Wagna Cristini Rocha

Médica Dermatologista

CRM/GO 9330 | RQE 5527

 

  • quero-ouvir

Rolar para cima