Testosterona Baixa: Quando a Terapia de Reposição Hormonal se faz necessária?

reposicao-testosterona-baixa
O hormônio masculino testosterona está presente praticamente em toda a vida do homem.

Para cada faixa de idade há um valor estimado considerado ideal para suprir tanto suas necessidades sexuais quanto às necessidades metabólicas nutricionais e psicológicas. Não existe uma idade exclusiva para o início desta queda, podendo ocorrer em adultos jovens, mas principalmente em idades mais avançadas.

A diminuição da produção do hormônio masculino ocorre em cerca de 15% dos homens entre 50 e 60 anos e até 50%, ou mais, dos homens com 80 anos. No processo do envelhecimento, ocorre uma diminuição lenta e gradual dos níveis de testosterona. Com isso, podem surgir sintomas que indicam a necessidade de reposição hormonal em uma parcela dos homens.

Quais os principais sintomas?

Quando ocorre um déficit na produção deste hormônio aparecem sintomas das mais diversas esferas. Mas, geralmente o que mais aflige o homem é a baixa na sua sexualidade, nem por isso a grande maioria deles procura o médico. O forte tabu criado neste campo faz com que deixem o processo evoluir sem tratamento.

Os principais sintomas dessa deficiência hormonal são: diminuição do interesse sexual, dificuldade de ereção, falta de concentração e capacidade intelectual, perda de pelos, ganho de peso e de gordura, diminuição de massa e força muscular, irritabilidade e insônia.

Esses sintomas não são exclusivos, podendo ocorrer em outras condições clínicas diferentes, e também existem outras causas frequentes, que são as doenças crônicas como a diabetes, o tabagismo e o etilismo.

Como evitar a deficiência de testosterona?

A diminuição de produção do hormônio masculino, ao contrário da menopausa, não determina o fim da fertilidade masculina, ocorrendo apenas uma diminuição dela. As recomendações que possam retardar o aparecimento da deficiência de testosterona são: estilo de vida saudável, com dieta equilibrada, a prática regular de exercícios físicos, qualidade do sono, abstinência de fumo e peso adequado.

Quando a Terapia de Reposição Hormonal é indicada?

A Terapia de Reposição Hormonal Masculina deve ser indicada para todos os homens que apresentam os sintomas de queda hormonal e que não apresentem contraindicações para seu uso. Ela pode ser administrada através de gel, adesivos cutâneos ou injeções.

Quando bem indicada, e feita com acompanhamento médico, a reposição hormonal traz benefícios aos homens, como melhora da libido, perda de peso, aumento da massa muscular e da densidade óssea.

Existem contraindicações?

As contraindicações para Terapia Hormonal Masculina são: suspeita ou caso confirmado de câncer de próstata, da mama masculina e ganho muscular para melhora do desempenho atlético de maneira abusiva. Elas podem causar graves efeitos colaterais e sérios danos à saúde.

 

Por: Dr. José Cássio Rufino da Silva
Médico
CRM/GO: 16668 | CRM/DF: 21147
  • gennesys-consulting-goiania
Rolar para cima