Tratamento por terapia de ondas de choque na ortopedia

Tratamento por terapia de ondas de choque na ortopedia

A terapia por ondas de choque vem ganhando cada vez mais espaço na ortopedia. Tudo isso é consequência tanto dos bons resultados que oferece, quanto pelo fato de ser um procedimento não invasivo e simples. 

O tratamento por ondas de choque tem sua melhor indicação nos distúrbios musculoesqueléticos, onde o tratamento é indicado para acelerar a recuperação e aliviar a dor no caso de inflamações: as ondas de choque estimularão o processo de reparação e cicatrização nos tendões, junções miotendíneas e nos tecidos ósseos.

Alguns exemplos de doenças que podem ter bons resultados no processo de cura são: tendinite, fascite plantar, esporão do calcâneo, bursite, epicondilite, entre outras. As ondas de choque geram micro bolhas que eclodem, criando ação analgésica no local lesionado. A resposta total do corpo à terapia leva cerca de três/quatro a 12 semanas dependendo do caso e do grau da patologia.

Dentre muitas patologias que podem ser tratadas, listo abaixo as mais comuns:

Dor Muscular 

Em muitos casos, as dores musculares são consequências de inflamações como as tendinites e as bursites.

Neste caso, como as ondas de choque têm a capacidade de desinflamar os tecidos musculares, favorecem de uma forma muito eficaz de lidar com as inflamações musculares e as dores que elas causam.

Cicatrização e Pós-Operatório

As ondas mecânicas de som aceleram a recuperação celular dos tecidos, ajudando na recuperação óssea depois de cirurgias ortopédicas. Além disso, elas também ajudam a diminuir a incidência de fibrose nas cicatrizes de cirurgias.

Tratamento de Fraturas

Por conta de fatores como hábitos de vida e comorbidades, algumas pessoas podem ter problemas com a regeneração óssea, que dificultam a recuperação de fraturas. E o tratamento com ondas de choque acelera o processo de cicatrização da fratura, dessa forma, evitamos problemas associados à má cicatrização, como a pseudoartrose.

Tratamento de Artroses e Artrites

Outro uso da terapia com ondas de choque é diminuir as inflamações cartilaginosas e controlar o desgaste articular, sendo especialmente indicado para pacientes de maior idade, que podem usufruir de uma melhora significativa na qualidade de vida.

Além dos benefícios citados acima, a terapia por ondas de choque é um método não invasivo que pode evitar que o paciente necessite de uma intervenção cirúrgica.

A consulta com um ortopedista especializado na terapia por ondas de choque pode fazer toda a diferença no seu tratamento!

Por: Dr. Alano Ribeiro de Queiroz Filho

Ortopedia e Traumatologia

CRM/GO: 11499 | SBOT: 11779 | RQE: 7181

Dr. Alano Ribeiro de Queiroz Filho

  • coe-ortopedia-revista-mais-saude

Gostou? Compartilhe!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email
Você vai gostar também
Rolar para cima