Queda de cabelo na gestação: saiba os motivos

queda-de-cabelo-na-gestacao (1)

Tenho pouco cabelo, e estou com queda de cabelo na gestação, estou preocupada como ficarão meus cabelos durante a gestação e no pós parto, vou sofrer com muita queda? 

Durante a gravidez raramente observamos queda de cabelo, caso venha ocorrer, geralmente surgirá nos primeiros meses da gestação e, ou bem no final dela.

Queda de cabelo na gestação: de acordo com a médica

De acordo com a Dra. Lorena Dourado Alves, dermatologista com Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e com formação em Tricologia (ciência que estuda o cabelo) pela Faculdade de Medicina do ABC e pela USP, as mulheres que usam anticoncepcional por um tempo prolongado, ao parar de tomar o anticoncepcional, costumam apresentar queda de cabelo

Aquelas mulheres que engravidam rápido, podem persistir com a queda de cabelo na gravidez mais precisamente no início da gestação já que ainda estão com o efeito da queda de cabelo provocada pela parada do anticoncepcional sendo essa uma das causas frequentes de queda de cabelo no início da gestação. 

Essa queda de cabelo da parada do anticoncepcional é a que chamamos de “Eflúvio Telógeno”, e é o mesmo nome que damos à queda de cabelo do pós parto, embora o desencadeante seja diferente. 

O Eflúvio Telógeno ocorre por alterações que levam um grande número de folículos pilosos a mudarem rapidamente de fase no ciclo capilar, levando a um aumento da queda. Pode ter várias causas diferentes, frequentemente inicia-se de dois a quatro meses após o fator desencadeante e dura em média de um a cinco meses”, explica a Dra. Lorena.

Outras mulheres quando passam por problemas de saúde durante a gestação ou por fatores estressantes intensos também podem apresentar queda de cabelo em qualquer fase da gestação. Mas essa, como explicado anteriormente pela Dra. Lorena Dourado, é mais comum no início da gestação quando algumas mulheres sofrem com os enjoos e vômitos frequentes.

Queda de cabelo na gestação:  gestação

Todo seu organismo passa por alterações hormonais e é, geralmente, um momento ótimo para os cabelos, momento com grande crescimento e quase nenhuma queda.

Por isso, durante a gestação o importante é manter os cuidados básicos com os cabelos para mantê-los bonitos e saudáveis, orienta a Dra. Lorena Dourado.

Queda de cabelo na gestação: no pós parto

Conforme explica a Dra. Lorena, a queda de cabelo acontece pelas mudanças hormonais que ocorrem com o parto. E por isso, pode ocorrer tanto nas mulheres que passam por um parto normal, com ou sem anestesia, ou por uma cesariana. 

Portanto, a queda pode ser intensificada se tiver alguma complicação no parto, como um sangramento mais intenso levando a uma anemia ou alguma outra doença no final da gestação ou no puerpério como COVID, por exemplo.

Sendo assim, é importante lembrar que, diante do diagnóstico de Eflúvio Telógeno, deve-se manter a calma. Pois, já que sabe-se que é uma fase passageira e na maioria das mulheres a queda de cabelo cessa com reposição total dos fios, principalmente nos casos que ocorrem durante a gestação. 

O importante é tomar os devidos cuidados para se manter saudável. Deve-se eliminar as causas agravantes da queda de cabelos como infecção, virose, anemia, estresse ou qualquer outro motivo que leve a uma piora na queda. Tenha uma alimentação balanceada, evitando as deficiências nutricionais e repondo qualquer falta, se necessário.”, ressalta a Dra Lorena Dourado.

Queda de cabelo na gestação: conclusão

Portanto, de toda forma, se estiver com queda de cabelo, o ideal é procurar um dermatologista com Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Sendo assim, para que ele faça uma avaliação clínica do seu cabelo e inicie o tratamento adequado, se necessário. “Fique tranquila, pois, aos poucos, na maioria das mulheres, a queda vai parar e o cabelo vai ficar bonito e saudável. 

O mais importante é curtir esse momento tão especial da sua vida da melhor maneira possível, já que os 9 meses da gestação passam muito rápido e o puerpério é um momento lindo de muita dedicação, carinho e amor!”, conclui a Dra. Lorena Dourado.

Leia também: Ronco durante a noite: pode ser apneia obstrutiva do sono

 

Por: Dra. Lorena Dourado Alves

Médica Dermatologista

CRM/GO 11663 | RQE 7207

 

  • gennesys-consulting-goiania

Gostou? Compartilhe!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email
Você vai gostar também
Rolar para cima