Laser íntimo no pós-parto: saiba para que serve?

laser-intimo-pos-parto

O laser íntimo no pós-parto é um momento delicado na vida da mulher. Além dos cuidados com o recém chegado integrante da família, tem o puerpério e a relação com seu parceiro.  

O corpo vai levar um tempo para voltar ao normal, é normal que a libido e a lubrificação íntima da mulher estejam bastante diminuídas neste período. 

Ocorre que, muitas vezes as mulheres querem voltar a ter relações com o companheiro, mas sentem que a lubrificação e o tônus vaginal ainda não voltaram a ser como eram. Além disso, é frequente também a queixa de perda urinária depois do parto.

Tudo isso somado à amamentação, período em que a produção de hormônios reduz drasticamente contribuindo para a falta de lubrificação e a produção de estrogênio, responsável por manter a resistência das estruturas pélvicas, é diminuída quando a mãe está amamentando.

Com isso, a mulher pode vir a sofrer lesões na região pélvica durante as relações, em decorrência do ressecamento vaginal.  Hoje, podemos contar com uma ajuda da tecnologia para melhorar esses sintomas indesejados, mais precisamente com o laser íntimo.

Laser íntimo no pós-parto: O que é?

O laser íntimo é uma tecnologia não invasiva, que estimula o rejuvenescimento da mucosa vaginal, proporcionando a recuperação da elasticidade, espessura e umidade da vagina, por este motivo é indicado principalmente no pós-parto.

Laser íntimo no pós-parto: como funciona?

O tratamento é realizado no consultório médico, através de um laser que estimula e remodela a região com o uso de anestésico tópico, indolor ou pouco doloroso e tem duração de 20-60 minutos, a depender da tecnologia a ser utilizada, aumentando a neovascularização do tecido conjuntivo, de novas fibras de colágeno e elastina. Quando a região recebe esse tratamento, a estrutura pélvica consegue se recuperar de forma mais rápida proporcionando também mais conforto para a mulher.

Após o procedimento, pode haver retorno das atividades normalmente, pois os efeitos colaterais são mínimos e temporários (desconforto local e edema leve). Recomenda-se evitar banhos quentes, exercícios físicos intensos e relação sexual nos primeiros dias após o procedimento.

Os resultados, já podem ser observados em 30-45 dias após a primeira sessão.  O tratamento é geralmente realizado com 3 sessões, com intervalo de 30-60 dias entre elas. Porém, o número de sessões pode variar, a depender da resposta de cada organismo.

Antes de realizar o procedimento é importante uma avaliação ginecológica especializada para avaliar se o LASER íntimo é o melhor tratamento para o seu caso.

 

Por: Dra. Ana Flávia Cavalcante

Ginecologia

CRM/GO: 13536 | RQE: 8083

 

 

  • medcom-goiania-brasilia

Gostou? Compartilhe!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email
Você vai gostar também
Rolar para cima