Hipnose e Psicanálise: o que são e o que elas tratam?

hipnose-e-psicanalise

Você conhece Hipnose e Psicanálise? Defino a Hipnose como um processo de estado ótimo de consciência, onde o paciente estará relaxado, porém focado inteiramente em processos guiados pelo terapeuta.

Já a Psicanálise é um processo investigativo de causas e sintomas prováveis, ou seja, que podem ser guiados pelo terapeuta com intuito de localizar e isolar as dificuldades que o paciente possui.

Sendo assim, pode ser direcionado para um processo terapêutico mais apto a situação, umas vez iniciado esse processo terapêutico dentro da psicanálise, pode ser feito o direcionamento para qualquer outra técnica apenas mudando a abordagem.

Por isso, muitas vezes o paciente prova apenas dos resultados e em muitas situações ele percebe apenas a melhoria acentuada de seu quadro.

Hipnose e Psicanálise: o que é hipnoterapia 

Primeiramente, a Hipnoterapia é uma técnica que associada à Psicanálise se torna uma terapia rápida e fantástica, permitindo levantar os traumas e tratar em uma velocidade extraordinária.

Por isso, uma pergunta constante feita pelos pacientes é que tipo de técnica é aplicada, e os anos como terapeuta mostraram-me que a técnica não sou eu que escolho, mas sim o perfil psíquico do paciente, onde durante o processo psicanalítico estabelecemos uma ligação de confiança e respeito entre paciente e terapeuta “Rapport” e é nesse processo que encontramos o perfil do paciente e escolhemos a técnica apropriada.

Portanto, muitas vezes podemos iniciar o processo com Psicanálise, transferir para uma Hipnose Erickssoniana e finalizar com o processo da Hipnose.

Sendo assim, clássica, isso acontece tranquilamente, de forma confortável para o paciente, e na maioria das vezes o paciente já sai da sessão terapêutica se sentindo revigorado e com alívio da maioria dos sintomas.

Hipnose e Psicanálise: o que trata

Primeiramente, podemos tratar diversas dificuldades emocionais com essa associação de técnicas, entre elas se destacam:

Ansiedade;

Depressão;

Fobias;

Traumas;

Dores Crônicas Neuropáticas;

Pânico;

Insônia;

Cansaço Mental;

Disfunção Erétil Psicológica;

Ejaculação Precoce;

Falta de Libido;

Stress;

Angustia;

TOC e muitas outras dificuldades emocionais.

Hipnose e Psicanálise: como começar?

Para iniciar o processo terapêutico faz-se necessário uma consulta avaliativa. Por isso, como todo processo terapêutico requer um número apropriado de sessões, o número de sessões é determinado pela intensidade do quadro em que se encontra o paciente, levando em consideração o perfil psicológico, idade e muitos outros fatores.

Sendo assim, é importante ter consciência de que, quanto antes o paciente iniciar os cuidados, mais rápido ele harmoniza sua psique. Por isso, quanto mais tempo o paciente permanecer com os sintomas, mais o cérebro tomará estes sintomas como padrão psíquico e maior será o tempo de tratamento.

Portanto procure já um Terapeuta Psicanalista e Hipnólogo e não espere mais. Te vejo lá!

Leia também: Queda de cabelo na gestação: saiba os motivos

 

Por: Dr. Humberto Cícero Fonseca Araújo

Hipnólogo e Psicanalista

CRT/GO 48448 | CRTP/GO 26703

 

  • apharaceutica

Gostou? Compartilhe!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email
Você vai gostar também
Rolar para cima