Fisioterapia em Goiânia: onde fazer?

fisioterapia-em-goiania

Você está pesquisando locais para fisioterapia em Goiânia e ainda não sabe onde fazer?

Temos uma ótima notícia para você: Está no lugar certo!

Em Goiânia, no COE – Centro de Ortopedia Especializada -, você encontra uma equipe de fisioterapeutas altamente capacitados, seja para auxiliar no pós-operatório, no tratamento de uma lesão ou até para aliviar a dor.

Pouco importa a sua idade, a fisioterapia pode te ajudar a prevenir, aliviar e tratar diferentes condições de saúde.

Portanto, se você ainda tem dúvidas se a fisioterapia vai realmente funcionar para o seu caso, vamos esclarecer todas elas aqui!

Fisioterapia em Goiânia: o que é?

Fisioterapia em Goiânia é uma área da saúde cujo principal papel é permitir que você obtenha o máximo de suas capacidades físicas, a fim que possa realizar suas atividades diárias, praticar um esporte…

Além de tratar uma série de condições, a fisioterapia também tem um papel preventivo, a fim de evitar lesões.

Assim, ela pode ser uma ótima aliada em vários momentos da sua vida.

Sendo assim, apenas a título de curiosidade, a OMS definiu, em 1958, a fisioterapia como “a arte e a ciência do tratamento pelo exercício terapêutico, calor, frio, luz, água, massagem, eletricidade.” 

Fisioterapia em Goiânia: o que trata?

Dores nas costas, entorses, inchaços, problemas de locomoção, são alguns exemplos de problemas que a fisioterapia em Goiânia ajuda a tratar.

Portanto, de maneira geral, é uma área que intervém no tratamento de incapacidades físicas que causam lesões e doenças que podem afetar:

Os músculos;

As articulações;

Os ossos;

O sistema neurológico (cérebro, nervos, medula espinhal);

Sistema respiratório (pulmões);

O sistema circulatório (vasos sanguíneos);

Sistema cardíaco (coração).

Portanto, pode ajudar a tratar:

Artrose;

AVC;

Lesões articulares, como bursite;

Lesões musculares, por exemplo, tendinite;

Dores crônicas;

Incontinência urinária;

Doenças crônicas;

Dores nas costas;

Perda de equilíbrio;

Traumatismos.

Fisioterapia em Goiânia: quais são os tratamentos?

Os fisioterapeutas podem recorrer a diferentes formas para tratar os pacientes, como:

Técnicas manuais;

Exercícios;

Eletroterapia, como ultrassom;

Hidroterapia;

Gelo ou calor.

Por exemplo, a massagem terapêutica é a mobilização dos tecidos moles, que pode ajudar a distender os músculos e reduzir o inchaço em algumas áreas.

Por isso, é um tratamento eficaz para aliviar a dor associada a uma lesão esportiva.

Além disso, a massagem favorece também a circulação sanguínea  linfática, reduzindo assim a inflamação ao redor das articulações.

Já o ultrassom se baseia em ondas sonoras à alta frequência que são utilizadas para tratar lesões profundas, estimulando a circulação sanguínea e atividade celular.

Portanto, o objetivo é reduzir a dor e acelerar a recuperação.

Fisioterapia em Goiânia: para quem é indicada?

A fisioterapia é indicada para todas as idades, desde crianças a idosos.

Também pode ser muito útil no seu dia a dia, independentemente do seu perfil, seus objetivos de vida ou mesmo sua condição de saúde.

Assim, seja você um atleta de alto nível, uma gestante ou ainda uma pessoa que fica horas sentado no trabalho, a fisioterapia pode ajudar.

Por fim, é indicada para pessoas com doenças crônicas ou que sofreram algum tipo de lesão ou traumatismo mais grave.

Se a fisioterapia em Goiânia ajuda a tratar diversos problemas, também tem um papel importante na prevenção de lesões.

Assim, os fisioterapeutas podem te dar conselhos para você colocar em prática a fim de reduzir os riscos de lesões ou dores.

Fisioterapia em Goiânia: quais os benefícios?

Primeiramente, a Fisioterapia em Goiânia apresenta uma dupla vantagem: ela não apenas é útil para o tratamento de doenças, mas também uma ação preventiva contra eventuais lesões.

Outros benefícios incluem:

Reduzir a dor com a diminuição dos medicamentos;

Em alguns casos, evitar a cirurgia;

Melhorar o movimento;

Ajudar na recuperação de uma lesão;

Prevenir quedas;

Melhorar o equilíbrio;

Tratar problemas médicos ligados à idade.

Portanto, vale lembrar que se você sofre de um problema que impacta o seu dia a dia, é importante não demorar para marcar uma consulta com um fisioterapeuta.

Sendo assim, quanto antes fizer isso, mais os tratamentos serão eficazes.

Quando procurar um fisioterapeuta?

Se você ainda está em dúvida quando procurar um fisioterapeuta, listamos aqui alguns motivos:

1. Dor persistente

Você sofreu uma entorse, uma fratura ou um movimento em falso, e apesar de todos os seus esforços, a dor não alivia?

Sendo assim, mesmo se a sua lesão não for recente, os exercícios e tratamentos propostos pelo fisioterapeuta vão ajudar na recuperação e no alívio das dores.

2. Problema de mobilidade

Má postura, movimentos repetitivos e a falta de flexibilidade podem gerar rigidez articular, limitando assim o movimento.

Um fisioterapeuta pode ajudar no relaxamento muscular a fim de aumentar a amplitude articular e flexibilidade, permitindo recuperar a mobilidade.

3. Recuperação no pós-operatório

A fisioterapia em Goiânia é essencial no período pós-operatório, inclusive em alguns casos, as sessões começam ainda no hospital.

Por isso, seguir as orientações do fisioterapeuta é uma das chaves para garantir o sucesso da cirurgia, fortalecendo a musculatura e a força funcional.

Portanto, essas são apenas algumas razões pelas quais você deve procurar um fisioterapeuta.

Muitas vezes, os ortopedistas encaminham seus pacientes para um fisioterapeuta, principalmente para ajudar na recuperação de uma lesão ou após uma cirurgia.

Leia também: Atividade Física e a Saúde da Sua Coluna

Fisioterapia em Goiânia: onde fazer?

Agora que você já sabe o que trata e os benefícios da fisioterapia em Goiânia, talvez esteja se perguntando onde fazer.

Em Goiânia, o COE – Centro de Ortopedia Especializada -, conta com uma equipe de fisioterapeutas altamente capacitada, desde o diagnóstico até propor o tratamento mais adequado.

Sendo assim, lembre-se que os sintomas que você pode estar sentindo, não aparecem sem motivo.

Portanto, eles podem ser consequência de uma lesão antiga ou recente, de um acidente ao praticar esportes, de um movimento repetitivo, má postura, entre outros.

Pouco importa a causa, se seus sintomas persistirem, marque uma consulta com um fisioterapeuta o quanto antes, a fim de não piorar o problema!

Gostou? Compartilhe!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email
Você vai gostar também
Rolar para cima