Dúvidas e Curiosidades na Gestação: Verdades e Mitos

duvidas-e-curiosidades-na-gestacao

Gestação é tempo de preparo para ouvir intermináveis comentários, dicas e conselhos sobre dúvidas e curiosidades na gestação

Se você é do tipo curiosa, acabou de descobrir uma gravidez e quer saber o que te espera pela frente, ou se você apenas simpatiza com o universo da maternidade e paternidade, procure fontes confiáveis para saber o que é verdade ou mito.

Listado as cinco verdades e as cinco mentiras que lhe contam durante a gravidez, além das dúvidas e curiosidades na gestação que podem aparecer.

Cinco VERDADES da Gestação

Conheça cinco verdades das dúvidas e curiosidades na gestação que mais existem:

1. Dúvidas e Curiosidades na Gestação – Os pés de uma grávida aumentam de tamanho? 

Seja por conta do inchaço habitual, do ganho de peso, ou pelo fato dos ligamentos do corpo durante a gravidez se tornarem mais elásticos e instáveis é bastante comum que na gestação os pés de uma grávida aumentem de tamanho. 

Geralmente se os números de calçados pularem um ou dois números na gravidez, eles voltam ao tamanho de antes com o passar do tempo, mas isso varia de mulher para mulher.

2. Dúvidas e Curiosidades na Gestação – A cor da pele pode mudar em algumas áreas do corpo? 

Normalmente por conta das alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez é bastante comum que as gestantes apresentem mudanças na pigmentação de algumas regiões do corpo. 

Isso porque a quantidade de melanina (pigmento que dá cor à pele) varia ao longo dos nove meses, o que faz com que, por exemplo, os mamilos escurecem, a pele do rosto apresentem manchinhas conhecidas. 

Esses fenômenos geralmente desaparecem após o parto em alguns meses.

3. Dúvidas e Curiosidades na Gestação – O grau de miopia da gestante pode aumentar?

Também devido ao aumento dos hormônios é possível que você sofra uma pequena  perda de sua capacidade visual. É momentâneo e, normalmente, tudo volta ao normal.

Por esse motivo, caso esteja considerando realizar uma cirurgia refrativa, é melhor esperar pela gestação, e até um ano após ela, para que o seu grau se estabilize.

4. Dúvidas e Curiosidades na Gestação – A gravidez altera a percepção de gostos e cheiros? 

Certamente você já deve ter escutado que durante a gestação você se torna mais sensível a determinados gostos e cheiros, e o motivo está novamente relacionado aos hormônios.

Acredita-se que esse é um mecanismo de defesa do organismo para proteger o bebê e a si mesmo de substâncias que possam ser prejudiciais à saúde de ambos. Essa hipersensibilidade está relacionada também aos primeiros “sintomas” da gravidez.

5. Dúvidas e Curiosidades na Gestação – Alguns órgãos mudam de posição e tamanho?

Durante a gestação alguns órgãos mudam de tamanho e posição para se ajustarem ao crescimento do bebê. O coração aumenta de tamanho, o estômago é colocado mais acima, os intestinos se movem em direção à parte superior e os rins se posicionam mais para cima e para as costas.

Tudo isso se deve ao crescimento uterino, que antes da gravidez tinha o tamanho de uma laranja, e que ao final da gestação pode expandir em até 20 vezes ao tamanho normal, podendo ficar do tamanho de uma melancia.

Cinco MITOS da Gestação

Conheça cinco mitos das dúvidas e curiosidades na gestação que mais existem:

1. Mitos na gestação – O formato da barriga indica o sexo do bebê?

Talvez pela ansiedade e curiosidade de saber o sexo do bebe, acredito que este seja o mito mais difundido às gestantes. Na verdade, o formato da barriga está relacionado ao tônus muscular, esquelético e uterino da gestante e à posição que o bebê adota dentro do útero. Mas não tem nenhuma relação com o sexo ou qualquer outra característica do bebê.

E como curiosidade, dados da OMS divulgados em 2018 mostram que existe uma tendência mundial para o nascimento de mais meninos do que meninas na espécie humana. De modo que, de maneira estimada, nasçam 100 meninas para cada 105 meninos.

2. Mitos na gestação – A azia da gestante é sinal que o bebê nascerá com muito cabelo?

Sentir azia é mais um dos inconvenientes típicos da gestante, e para ajudar no alívio dessa sensação recomenda-se evitar comidas apimentadas, pesadas e em grande quantidade.

Contudo, a azia não está relacionada com nenhuma das características físicas que o bebê possui ou possuirá.

3. Mitos na gestação – A gestante precisa comer por duas pessoas?

Por mais que suas necessidades nutricionais aumentem durante a gestação, o correto é evitar os excessos, buscando sempre por uma dieta mais saudável e equilibrada.

Acrescentar mais quilos do que o recomendado durante a gestação pode causar problemas de saúde à mamãe e ao bebê, e por isso o acompanhamento do pré-natal não deve ser ignorado.

De acordo com o estudo publicado pelo U.S. National College Of Medicine, gestantes devem ingerir apenas 300 calorias extras na dieta todos os dias.

4. Mitos na gestação – As gestantes não podem ter relações sexuais?

A gestante pode sim ter relações sexuais, tendo somente que relatar ao médico caso haja algum desconforto incomum (dores abdominais ou sangramento).

O bebê conta com uma barreira protetora tripla: o útero, o tampão mucoso e a bolsa amniótica. Além disso, alguns trabalhos científicos publicados na Europa mostram que o sexo entre o papai e a mamãe é importante durante a gestação.

Isso porque  influencia na personalidade do bebê, por ser um momento que o bebê percebe o afeto e carinho entre o casal.

5. Mitos na gestação – É proibido a gestante tomar banho de piscina com água quente?

Piscina não faz mal para gestante, na verdade, médicos indicam a hidroginástica durante a gravidez.

Mas atenção, o problema está na falta de controle da temperatura.  Em alguns casos ultrapassa os 30°C, e já podem trazer desconforto pelo fato de as gestantes já possuírem mais sensibilidade a problemas de hipotensão (diminuição da capacidade arterial).

As piscinas de água quente podem piorar esse quadro, e é possível que a gestante passe mal, mas isso não afeta a saúde do bebê.

Esteja sempre atenta às informações, questionando sua veracidade, priorizando as orientações do seu médico obstetra, e realizando sempre o pré-natal. Como eu sempre falo para as minhas gestantes “Pré-natal bem feito é sinônimo de que o parto também será, independentemente da via que você escolher para o parto (parto cesariana ou parto normal).

 

Por: Dr. Glauco Prado Silva

Médico Ginecologista e Obstetra

CRM/GO: 11559 | RQE: 6093

 

  • michelle-branquinho

 

Rolar para cima