Tenho dor no nervo ciático: O que fazer?

dor-nervo-ciatico

O nervo ciático ou nervo isquiático é o principal nervo dos membros inferiores. Ele controla as articulações do quadril, joelho, tornozelo e os músculos posteriores da coxa e perna. Além disso, ele tem a função de conduzir as sensações das pernas. Por exemplo, é responsável pelo posicionamento, pela dor e movimentação ativa de todo membro inferior.

O nervo ciático se inicia no final da coluna, passa pelos glúteos, parte posterior da coxa e, quando chega no joelho, se divide entre nervo tibial e fibular comum, e chega até os pés. E é nesse trajeto todo que ele pode causar dor com sensação de formigamento, pontadas ou choque elétrico. Além da dor, a compressão do nervo ciático também pode provocar dormência ou redução da força muscular no membro acometido. Em casos graves, o paciente pode apresentar incontinência urinária ou fecal.

A inflamação do nervo ciático atinge principalmente os idosos e pessoas de meia idade. Estima-se que cerca de 10% das pessoas acima de 40 anos sofram com a inflamação do nervo ciático. Entretanto, nos últimos anos a condição passou a atingir também pessoas mais jovens. Hoje em dia, não é difícil encontrar pessoas com 20, 30 anos, e até mesmo adolescentes, sofrendo com a inflamação do nervo ciático.

Sintomas

Quando existe compressão ou inflamação deste nervo, surge a dor ciática que causa sintomas como dor intensa no fundo das costas, glúteo ou pernas, dificuldade em manter a coluna ereta e dor ao andar. Nestes casos é importante procurar um médico ortopedista especialista em coluna para o correto diagnóstico e condução do tratamento.

No nosso meio, a hérnia de disco é a principal causa de dor ciática; definimos hérnia de disco com uma fissura da parte externa do disco intervertebral, provocando compressão e inflamação do nervo ciático.

Diagnóstico

Para o correto diagnóstico desta patologia, utilizamos uma entrevista/ anamnese completa dos sinais e sintomas, exame físico primoroso e exames complementares de imagem, sendo a ressonância magnética o padrão ouro.

Tratamento

Cerca de 90% dos casos de dor ciática são de tratamento conservador / não cirúrgico. Utilizamos medicações como analgésicos, anti-inflamatórios, agentes neuro protetores, fisioterapia e acupuntura dentre outros.

O grande salto tecnológico experimentado pela cirurgia de coluna nos últimos anos alterou profundamente o tratamento e entendimento das patologias do nervo ciático; hoje dispomos do que existe de mais moderno para o tratamento minimamente invasivo dessas afecções; como os bloqueios / infiltrações da coluna e cirurgia do nervo ciático por videoendoscopia, procedimentos esses realizados com anestesia local e sedação leve, zero lesão tecidual, alta resolubilidade e retorno precoce ao trabalho – atividade física.

 

Por: Dr. Daniel Labres da Silva Castro
Médico Ortopedista Cirurgião de Coluna
CRM/GO: 12999 | RQE: 7551

 

  • coe-ortopedia-especializada
Rolar para cima