Como combinar os tratamentos corporais para ficar com o corpo em forma para o verão

Estamos na metade do ano e já pensando em como curtiremos nossas viagens de fim de ano, viajar para praia de férias e para as festas de ano novo é o que mais nos faz brilhar os olhos!

Mas você já pensou em ficar bem no biquíni ou maiô, além de ficar radiante naquele vestido branco de Réveillon?

A dermatologia pode te auxiliar no cuidado corporal para o verão, mas precisamos ter em mente que deixar o corpo bonito leva tempo e disciplina. É importante alinharmos um tripé de ações, sendo elas: alimentação balanceada, prática de atividade física e procedimentos estéticos para corrigir queixas como a celulite, flacidez e gordura localizada.

No entanto precisamos começar essas mudanças e procedimentos, pelo menos, entre 5 ou 6 meses antes do evento desejado para desfilar seu biquíni da moda.

O primeiro passo seria modificar seus hábitos alimentares, e o segundo passo é manter a constância na prática aeróbica associada à musculação.

O terceiro passo é a consulta com sua dermatologista, para te avaliar, definir seus diagnósticos em relação às necessidades corporais e realizar o plano de ação para customizar e otimizar seus tratamentos. Sempre devemos associar os procedimentos para que alcancemos bons resultados.

Quando existe um diagnóstico de flacidez corporal e celulite, é necessário definir, no mínimo dois procedimentos para atingir o resultado para dar firmeza na região tratada. Nesses casos lançamos mão de combinações como as radiofrequências (Endymed ou Vênus Legacy) junto do bioestimulador de colágeno (Elleva ou Sculptra) e uma tecnologia de campo eletromagnético (CM-Slim) para hipertrofia muscular.

Sempre utilizamos o raciocínio de cuidar de todas as camadas corporais, quais sejam, pele, gordura e músculo já que, hoje em dia, o avanço tecnológico nos permite sermos mais direcionados e assertivos em cada ação. Em geral definimos o número de sessões de acordo com cada caso, podendo variar de 6 á 8 sessões de cada aparelho além de 2 á 3 sessões de bioestimuladores de colágeno.

Naqueles casos onde há gordura localizada e celulite, é imprescindível o emagrecimento para resultados sustentados e efetivos; reduzir o panículo adiposo impactará na eficácia dos procedimentos estéticos. Os procedimentos mais assertivos nesses casos são a criolipólise, radiofrequências e CM slim que auxiliam concomitantemente tanto na hipertrofia muscular quanto indiretamente na redução de tecido adiposo.

Há ainda a possibilidade de associarmos o ultrassom macrofocado e microfocado em pequenas áreas como “gordura do sutiã”, região da “bananinha” abaixo do glúteo e culote. Nesses casos o Ultraformer está bem indicado, associado às radiofrequências.

É sempre importante analisar cada caso, examinar o paciente, realizar as medidas corporais, fazer um exame de análises da composição corporal como a bioimpedanciometria pra avaliar quantidade muscular e naqueles casos de sarcopenia (perda de massa muscular), o campo eletromagnético, como o CM-Slim, faz-se imprescindível para que consigamos “refazer” tecido muscular, de modo a melhorar a pele.

É sabido que iniciar os tratamentos estéticos combinados no tempo devido, permitem resultados satisfatórios dando melhora de firmeza de pele, de ondulações cutâneas e de redução de gordura localizada, além de ser de extrema assertividade a combinação apropriada das tecnologias.

Procure seu dermatologista e comece já o cuidado do corpo para o verão de forma antecipada, para que no Réveillon você esteja feliz com sua imagem no espelho e com o corpo em forma ao desfilar pela praia.

Por: Dra. Patrícia Aparecida de Castro

Médica Dermatologista

CRM/DF 13212 | RQE 9907

  • liver-instituto-figado-revista-mais-saude

Gostou? Compartilhe!
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email
Você vai gostar também
Rolar para cima