Cirurgia Ortognática – Correção Dento Facial

cirurgia-ortognatica

A cirurgia ortognática nada mais é que a junção da estética dental com a estética facial. O crescimento das bases ósseas faciais, em especial a mandíbula e maxilar, causam prejuízos faciais chamados de deformação ou deformidade. A função é prejudicada pelos dentes não encaixarem corretamente, causando dores faciais, dificuldade mastigatória, desoclusão, dor de cabeça frequente, piora dos desarranjos da ATM (articulação), gastrite, depressão e alterações psicossociais.

A população brasileira é um dos povos mais diversificados, possuindo características faciais distintas, e fazendo com que um maior número de pessoas necessite fazer uso de aparelhos dentários e cirurgias ortognáticas.

Atualmente, com a simplificação da técnica cirúrgica, evolução dos medicamentos, tecnologia 3D de ponta (softwares), exames precisos e planejamento virtual, atuam de modo a minimizar os riscos e o tempo de recuperação pós-operatória.

O uso de tantos benefícios, associados a profissionais devidamente capacitados, proporciona aos pacientes função mastigatória, estética facial, sorrisos e mordidas perfeitas.

Algumas perguntas mais frequentes feitas por pacientes são:

Preciso usar aparelho dentário?

Sim, o uso do aparelho dentário antes da cirurgia é importante na grande maioria dos casos, mas existe a possibilidade de realizar a cirurgia com o uso de aparelho depois, chamado de “benefício antecipado” usado principalmente em pacientes acima dos 40 anos de idade para apneia e ronco.

Quanto tempo demora em recuperação após a cirurgia?

O tempo de recuperação é variável, antigamente o paciente precisava ficar com a boca fechada por 45 dias, hoje o paciente já saí da sala cirúrgica abrindo e fechando a boca normalmente, em duas semanas já está desinchado com abertura bucal praticamente normalizada, e com alimentação macia.

Vou sentir dor após a cirurgia? 

Não, dificilmente algum paciente se queixa de dor pós-operatória. Além do uso das medicações, o procedimento traz consigo o benefício da parestesia transitória (dormência) que em poucos dias ou semanas desaparece, inibindo a dor durante a recuperação.

Posso usar meu plano de saúde? Tem cobertura total? 

Sim, você pode usar o plano médico de saúde para realizar o procedimento cirúrgico. A cobertura pode ser total ou parcial, depende do plano. Existe todo o amparo legal para que cada paciente possa exigir que seu plano realize a cobertura.

O paciente beneficiado pela ortognática nunca mais é o mesmo após o tratamento, pois a função respiratória, a harmonia facial e sorriso faz com que ele retome sua vida de modo mais confiante e seguro. Busque o tratamento!

 

Por: Dr. Thiago Bonifácio de Souza Guimarães
Cirurgião Dentista – Bucomaxilofacial
CRO/GO: 10574
  • rogerio-morale
Rolar para cima