Anticoncepcionais Hormonais: Seus Possíveis Efeitos Colaterais.

anticoncepcionais-efeito-colateral

Os anticoncepcionais são importantes Ferramentas para o planejamento familiar. Hoje, temos a disposição diversas opções de métodos contraceptivos sem hormônios e hormonais, e dentro dos contraceptivos hormonais, temos: os de uso oral, adesivo, anéis vaginais, injeções, implantes e o DIU (Dispositivo Intra Uterino) hormonal, mais conhecido como o DIU Mirena.

Primeiramente ressalto que, qualquer que seja o método contraceptivo escolhido, esta importante decisão deve ser feita pelo paciente, juntamente com seu médico, a automedicação não deve ser feita em nenhuma hipótese. Dito isto, é fato que os anticoncepcionais hormonais podem trazer diversos benefícios, assim como, pode apresentar efeitos colaterais, sendo mais frequentes os seguintes:

Anticoncepcionais e seus efeitos colaterais:  

Facilmente confundido com acúmulo de gordura, o inchaço é causado por conta da retenção de água no organismo. Isso faz com que a o peso corporal aumente um pouco. Muitas mulheres sofrem com esse problema. Ajustes da dosagem hormonal e diuréticos podem ser usados para melhorar o quadro, caso o médico recomende.

Dor de cabeça e náuseas

Dores de cabeça, enxaquecas e náuseas são comuns no começo do uso do medicamento, principalmente nas primeiras semanas. Esses sintomas normalmente cessam após o período de adaptação do corpo com a quantidade de hormônio ingerida. Caso continue tendo problemas, consulte um médico.

Acne

Ainda que o contraceptivo também seja utilizado para reduzir a acne, em algumas mulheres acontece o efeito inverso, e a pele fica muito oleosa, criando o cenário ideal para o surgimento de cravos e espinhas. Cuidados diários com a pele auxiliam na redução desse problema.

Alterações no humor

Apesar de incomuns, as flutuações no humor podem ocorrer em mulheres que fazem uso de pílulas com alta concentração de hormônios. Isso acontece porque a alta carga hormonal reduz a produção da serotonina, substância responsável pela sensação de bem-estar e prevenção da depressão. Nesses casos, métodos alternativos são utilizados, como o DIU.

Diminuição da libido

O ciclo menstrual feminino apresenta picos de alta libido e períodos onde ela se encontra mais baixa. Com a pílula, seu funcionamento é alterado e, além disso, causa a redução dos níveis de testosterona no organismo. Caso a paciente apresente esse sintoma, é necessário reajustar as doses do anticoncepcional.

Trombose

O efeito adverso mais grave dos anticoncepcionais é, sem dúvidas, o surgimento da trombose. Mulheres com histórico familiar ou que apresentam sintomas como enxaqueca com aura, por exemplo, não devem fazer uso da pílula. Nos outros casos, uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas auxiliam na redução do risco do problema.

É imprescindível, conhecer os principais efeitos colaterais do anticoncepcional é essencial para auxiliar a população feminina na conquista de mais qualidade de vida, além de servir de alerta para problemas, ressalto, mais uma vez que, a automedicação não deve ser praticada, ainda mais levando em consideração esta possibilidade.

Por: Dra. Heloise Medeiros
Nutrologia
CRM/GO: 14810
  • apharaceutica
Rolar para cima